22/02/2012

O Desafio para se ter Fé


Ora, a fé é o firme fundamento das coisas que se esperam, e a prova das coisas que se não vêem. Hebreus 11:1
Em toda a bíblia vemos o agir de Deus em meio a estratégias para vencer as guerras, agindo com justiça perfeita, dando direção e surpreendendo o Seu povo com uma soberania impressionante.
Ora, sem fé é impossível agradar-lhe; porque é necessário que aquele que se aproxima de Deus creia que ele existe, e que é galardoador dos que o buscam.
A bíblia também diz que: “o justo viverá da fé; E, se ele recuar, a Sua alma não tem prazer nele. Hebreus 10:38
Podemos ser considerados loucos por acreditar no que não vemos e principalmente se estiver fora da lógica ou dos padrões humanos.

Bem, a questão é que nem todos estão aptos a terem uma fé genuína ou pelo menos chegam perto,  porque para o homem é mais fácil acreditar no que ele vê do que não pode ver.
Mas, o que fazer se a bíblia nos ensina que a fé é a certeza das coisas que se espera e a convicção dos fatos daquilo que não podemos ver?
Precisamos conhecer primeiro quem é Deus. Saber mais a Seu respeito. Ninguém em sã consciência entregaria a sua casa a um estranho e viajaria tranquilo com a família. Ninguém acredita naquilo que não conhece. Você entregaria a sua vida, sua casa, seu carro, seus filhos a um estranho?
Se a pessoa quiser se apegar a fé de outros e não quiser conhecer a Deus, sua fé não subsistirá por muito tempo, porque ela não tem força em si, não foi fundamentada na palavra de Deus e sim na opinião dos outros.

A parábola da semente é um grande exemplo para explicar o percurso da fé. A semente que cai em terra boa, essa sim produzirá frutos, a semente é a palavra de Deus e a terra seria o nosso coração, se não estivermos abertos, e com restrições para receber e praticar a palavra de Deus certamente a fé não será genuína.
Pessoas que foram feridas, ou tiveram perdas de parentes próximos em acidentes ou doenças e assassinato em tenra idade não entendem porque Deus permite que isso aconteça. Já que pela visão humana essas pessoas não mereciam morrer cedo e daquela forma. Isso pode abalar a fé de alguém, até mesmo quem é cristão que busca cumprir tudo o que Deus ordena.
É por causa dos nossos pecados que a terra está contaminada e o que consideramos injusto pode ser Deus chamando a nossa atenção para que mudemos o nosso comportamento. (Isaías 24:4-6)
Deus é soberano, sabe o que faz. Não podemos questionar suas atitudes. Muitos culpam a Deus por isso sem saber o porquê, e nem sempre Ele vai responder como gostaríamos.

Depositar a nossa confiança em Deus, mesmo quando não queremos aceitar os fatos, é um grande desafio de fé. Abraão estava por sacrificar o filho da promessa, ele não sabia, mas, Deus estava provando a sua fé. E como Abraão nem todos veremos a promessa se cumprir, mas, sabemos de muitos casos na igreja onde os avós oraram muitos por seus netos, eles não viram a promessa se cumprir, mas, Deus estava trabalhando o tempo todo e a intercessão foi atendida.
Deus espera de nós confiança e zelo da nossa parte. Sodoma e Gomorra foram destruídas porque não havia um intercessor, Ele estava disposto a salvar aquele lugar se alguém estivesse intercedendo por eles, mas, não encontrou.

Basear-se nas promessas de Deus é o caminho para se ter uma fé genuína, esvaziar nosso coração de preconceitos, achismos, coisas que achamos que seria o ideal.
Ninguém tem o poder de manipular Deus ou fazer com que Ele faça o que queremos impondo nossas condições. Muitos que não O conhecem o buscam como se buscassem uma receita para cada problema, mas, depois O abandona. Para eles, Deus é somente aquele que tem que satisfazer seus desejos, sejam eles corretos ou não.
Você pode dizer que a sua fé é pequena, não importa, se é do tamanho de um grão de mostarda, importa que ela exista em você, que não haja dúvida em seu coração.

Não duvide daquilo que Deus pode fazer (Tiago 1:6), os seus pensamentos são mais altos do que os nossos, não há limites para Deus agir, Ele está acima de tudo, ninguém é maior do que Ele.
Jesus nos deixou o maior exemplo de fé. Antes de ser crucificado Ele clamou a Deus Pai que se possível livrasse-o daquele momento terrível, mas, O Pai ficou em silêncio, porque Ele não pode mentir, e para cumprir as escrituras Ele precisava sacrificar o Seu único Filho para nos salvar. Jesus foi até o fim porque apesar da dor que sentia no corpo e na alma Ele obedeceu porque, sabia que agradaria o coração do Pai e com isso toda a humanidade não seria mais exterminada da terra.
Qual é o homem que pode alimentar os pássaros, as espécies que moram no mar ou abrir o mar para que o seu povo fosse livre da escravidão?
Que homem tem o poder para alimentar uma numerosa multidão com o maná, multiplicar pães e peixes, transformar a água em vinho, ressuscitar mortos?
Alguns podem pensar que isso não acontece hoje, para os descrentes não acontece porque não creem.
Jesus não pode fazer muitos milagres em Jerusalém por causa da incredulidade do povo.
Se o homem parasse para observar a sua origem, Deus poderia responder-lhe muitas perguntas que nunca ninguém conseguiu responder.

Somente Deus pode trazer a existência o que não existe. A fé é isso. Você não vê, mas, acredita que pode acontecer. A fé age em circunstâncias adversas, ou seja, tudo o que vemos ou o que dizem podem não estar de acordo com o que você espera. A fé verdadeira não se baseia em achismos, ou interpretação humana.
Fé é acreditar que Deus pode mudar completamente a situação em que vivemos atualmente para o bem de todos.
Você só pode falar daquilo que você conhece, você não pode dar o que não tem, e muitos falam a respeito de Deus, tiram suas conclusões sem base de conhecimento ou vivência e acabam perdendo a oportunidade de saber quem Ele realmente é.

Deus deixou para nós a bíblia contendo o necessário para termos a base, um alicerce para que a nossa fé seja moldada, aperfeiçoada por Ele. Nela contém tudo o que precisamos.
A parábola do juiz iníquo é um dos exemplos de uma fé persistente. O juiz não temia a Deus e tão pouco o homem, era um homem extremamente negligente e não se importava com o coração das pessoas, mas, a mulher o importunou tanto para julgar sua causa que para que ele não fosse molestado por ela, acabou por atendê-la. E Jesus conclui a parábola afirmando que:
“E Deus não fará justiça aos seus escolhidos, que clamam a ele de dia e de noite, ainda que tardio para com eles? Digo-vos que depressa lhes fará justiça. Quando, porém vier o Filho do homem, porventura achará fé na terra?” (Lucas 18:7-8)

Deus é onisciente, Ele ouve tudo até os nossos pensamentos, então creia que Ele ouve suas orações. Essa persistência na oração deve ser vista com confiança e sem questionamentos, é preciso acreditar.
É preciso entender que o tempo de Deus não é o nosso, e principalmente no que se refere a mudança de comportamento das pessoas que estamos orando, Deus encontra obstáculos que é a vontade humana. Ele não irá impor a ninguém a Sua vontade. A forma como Ele irá fazer não quer dizer que será igual a nossa.

A fé é composta de confiança, paz, compreensão de tempo, longanimidade, entendimento, conhecimento, ação de graças, louvor e adoração. Aplicando a fé honraremos a Deus pelo que Ele é, acreditamos que tudo o que Ele fizer será perfeito e jamais seremos julgados, ao contrário, todo aquele que crê será salvo!

No amor de Cristo,
Pra Lúcia Pandolfo


3 comentários:

  1. Oi querida irmã Lucia a paz!
    Estou te visitando e gostei do teu blog, e também da mensagem, sabe vou voltar aqui outras vezes sempre que puder. Também te espero la no meu cantinho, as portas estarão abertas pra vc, entre comente, questione, opine sua participação é sempre muito bem vinda OK. Fique na paz

    ResponderExcluir
  2. Obrigada irmão! Fico feliz que tenha me visitado e comentado. Pode ter certeza que iremos visita-lo também. Paz prá vc!

    ResponderExcluir
  3. a paz , verdadeiramente, a fé é um dos maiores misterios que nos liga a deus,´e é lindo, pois´sem´fé é impossivel o agradar. gostei
    muito do seu texto. abrços.
    rcosta.

    ResponderExcluir